terça-feira, 24 de outubro de 2017

QUESTIONÁRIO SOBRE PROJETO AGRÍCOLA





Feiras 

1) De onde são os seus fornecedores? Eles são pequenos, médios ou grande produtores? É constituído por agricultores familiares, indígenas e quilombolas? São todos de Dourados?
3) Quais as dificuldades que enfrenta junto aos fornecedores?
4) Quais as queixas mais comuns feitasdos consumidores?
5) Participa de quais feiras existentes em nossa Cidade?
6) Vende produtos convencionais, orgânicos ou os dois?
7) Em que condições que vende aos consumidores? Somente à vista? Com cartão de crédito? Fiado?
8) Como efetua o pagamento aos seus fornecedores? À Vista? À prazo? Com cheque? Com cartão de crédito?
9) Os produtos, fornecidos, em sua avaliação, são de boa qualidade? 
10) Qual a margem de lucro?
10) Você tem algum apoio da Prefeitura sob a forma de financeira, assistência técnica, logística?
11) Quais as principais dificuldades enfrentadas pelos feirantes?

QUILOMBOLAS

1) Fale sobre a origem deste  quilombo?
2) No quilombo se pratica a policultura ou a monocultura? São pequenos ou grandes produtores
3) Produzem hortifrutigranjeiros? 
4) Vendem diretamente ao consumidor final ou somente comerciantes?
5) Que tipo de dificuldades vocês enfrentam no quilombo para produzirem?
6) Quantas pessoas fazem parte do quilombo?
7) Existe alguma parceria entre o quilombo, prefeitura ou governo do estado que se traduz em apoio financeiro, técnico ou logístico aos quilombolas ? Se existe esta parceria, quais são elas?
8) Vocês utilizam técnicas modernas ou tradicionais para produzirem? Produzem produtos orgânicos, convencionais ou os dois tipos?
9) Qual a situação legal das terras? Estão tituladas ou escrituradas?

ESCOLA ANDRE CAPELI


1) Em que ano a Escola Municipal Agrotécnica Pe Andre Capelli (EM) começou a funcionar
2)       Esta Escola profissionaliza o aluno para o mercado de trabalho? Explique.
3) Quais são as atividades desenvolvidas nesta Escola?
4) ) Quais as características dos alunos que frequentam esta Escola
5)   Os alunos que estudam nesta Escola tem um tratamento diferenciado quando   ingressam  no             ensino médio? Explique.
6) O que é necessário para esta Escola atingir plenamente aos seus propósitos? 
7) Quais as características dos alunos que constituem esta escola?
7) Faça outros comentários que avaliar que sejam pertinentes.


1      
AGROECOLOGIA

1)      O        que levou o Senhor a fazer opção pela agricultura orgânica?
2)      Quais as dificuldades enfrentadas para praticá-la?
3)      O retorno financeiro permite a sobrevivência com dignidade do produtor?
4)      Os preços praticados são competitivos quando comparados aos praticados pela agricultura convencional? Explique
5)      A sua propriedade tem funcionado como um laboratório para estudos realizados pelas universidades sediadas em Dourados, EMBRAPA, IAGRO, AGRAER e outros?
6)      Se estas instituições e órgãos o procuram, que contrapartida, os mesmos tem oferecido ao Senhor?  
Nome e Telefone do Produtor a ser pesquisado pelo grupo: Antônio Weber é 981226069

SINDICATO RURAL DE DOURADOS
1) Quais são as ações que este Sindicato desenvolve em prol dos produtores e criadores rurais de Dourados?
2)    Quantos filiados tem este Sindicato e qual o valor da mensalidade ou anuidade paga pelo associado?  
3)  Quem pode se filiar a este Sindicato? 
4) Como este Sindicato entende que devem ser encaminhadas as questões relativas a reforma agrária, demarcação das terras indígenas e dos quilombolas? 
5) Qual a importância e o peso das atividades agropecuárias para a economia de Dourados e do Estado de Mato Grosso do Sul?  
6) O que significa a Expoagro para a economia e a modernização do setor agropecuário em Dourados e região? E para o imaginário popular?  
7) Comente sobre outros aspectos que entende como relevantes.

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS
1)            Quais as categorias de trabalhadores rurais que este sindicato representa (pequenos produtores rurais, arrendatários, meeiros, assalariados, empreiteiros, etc.)?
2)            Quantos filiados tem este sindicato?
3)            Qual o valor da mensalidade ou anuidade paga pelo filiado?
4)            Quais são as ações que o Sindicato desenvolve em prol dos seus filiados?
5)     Enumere os conflitos com os quais, este sindicato, lida frequentemente?
6)            O Sindicato realiza com frequência e permanentemente cursos de formação política, gestão de pequenos empreendimentos  agrícolas, etc.? Dê exemplos.
7)            Qual a postura deste Sindicato em relação à reforma agrária? Favor nas respostas, apontar pontos positivos e negativos.  
8) Que sugestões foram apresentadas  por este Sindicato para que a  reforma agrária seja  justa e deslanche no Brasil?
8)            Qual a avaliação que o Sindicato faz do papel desempenhado pelo poder judiciário e o parlamento em relação aos conflitos agrários? Explique.
9)            Que tipos de problemas normalmente enfrentam os trabalhadores e pequenos produtores rurais que trabalham nas ou para as usinas de álcool e açúcar instaladas em Dourados?
10)         Discorra sobre outros aspectos que considere relevante?

QUESTIONÁRIO – Secretaria Municipal de Agricultura
1)            Quais são as ações e programas que a Prefeitura Municipal de Dourados oferece aos pequenos produtores rurais,  comunidades indígenas e quilombolas?
2)            Quantos agricultores são assistidos em Dourados?
3)            Para facilitar a comercialização da produção agrícola dos pequenos produtores rurais que tipo de ação a PMD desenvolve?

4)            Para a compra de alimentos a serem utilizados nas escolas e creches que ações esta Secretaria desenvolve? Se desenvolve, é em parceria com  outras secretarias?
5)            As ações de apoio desenvolvidas pela PMD em prol dos pequenos produtores rurais, comunidades indígenas e quilombolas são diferenciadas? Explique.
6)            Qual o montante de recursos que PMD disponibilizou em 2018 para projetos e ações em prol dos pequenos produtores rurais, quilombolas e comunidades indígenas?
7)            Existe algum trabalho integrado entre esta Secretaria e a Secretaria de Educação do Município para que conteúdos relacionados às práticas agropecuárias sejam trabalhados nas escolas, especialmente, as rurais? Explique.

João Grandão
1)            O que levou o senhor a priorizar em seu mandato a pequena agricultura familiar?
2)            Quais os tipos de ações desenvolvidas em seus mandatos de deputado federal, estadual e quando esteve a frente da Delegacia Regional da Grande Dourados do Ministério de Desenvolvimento Agrário em prol da agricultura familiar, comunidades indígenas e quilombolas?
3)            As suas ações se estendem a todo o Mato Grosso do Sul?
4)            Como é tratar sobre agricultura familiar no parlamento?
5)            Qual a avaliação do Senhor sobre papel desempenhado pelas prefeituras, governo estadual e federal em prol  da agricultura familiar, especialmente em Mato Grosso do Sul e Dourados?
6)            Fale sobre o processo de discussão e a aprovação da lei que estabelece que as escolas devem comprar , no mínimo, 30% dos alimentos que utilizam na merenda escolar junto aos pequenos produtores rurais, comunidades indígenas e quilombolas.
7) Comente sobre outros aspectos  que considera relevantes?

                                 
 BANCO DO DO BRASIL  (Carteira Agrícola)
1)            Quais são as modalidades de financiamentos agrícolas que este Banco oferece ao Pequeno Produtor Rural, comunidades indígenas e quilombolas?
2)            Discorra sobre os critérios adotados por cada uma das modalidades de financiamento?
3)            Qual o percentual de inadimplência? É igual, maior ou menor do que o verificado junto aos grandes produtores rurais?

4)  Existe crédito para o plantio de quais produtos? E para  a criação de animais são concedidos financiamentos?
5)            Esclareça como são distribuídos, percentualmente, os financiamentos para o preparo da terra, compra de insumos e implementos?
6)            Os critérios de financiamento são diferenciados para as diferentes categorias  (meeiros, arrendatários, proprietários, etc.) de  pequenos produtores rurais? Detalhe.
7)            Qual o montante de recursos disponibilizados pelo banco no ano de 2018 para os pequenos produtores rurais em Dourados e região? E para os grandes produtores rurais?
8)            Quais são os prazos de pagamentos? E se o produtor não conseguir honrá-los, quais as penalidades ou providências que o Banco toma?
9)            Existe algumas modalidades de  seguros agrícolas oferecidos aos pequenos produtores para que se protejam contra as catástrofes naturais (secas, excesso de chuva, frio, etc.)?
10)         Qual o limite de renda para que o agricultor seja classificado como pequeno produtor rural?

COMERCIALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA DOS PEQUENOS PRODUTORES RURAIS.
1)            Os produtos que você comercializa  quanto a origem:
(    ) produção própria;
(    ) de terceiros;
(    ) mista?
(    )São oriundos de Dourados?
(   ) De outros municípios?
(   ) daqui e de outros?
2)            Em quais feiras você comercializa?
(   ) Feira Central; 
(    ) BNH 1º Plano;
(    ) Praça do Cinquentenário;
(    ) Parque dos Ipês?
(    ) Conjunto Izido Pedroso?
(    ) outras;
3)            Você fornece  para:
(   ) Supermercados;
(   ) Comerciantes de Hortifrutigranjeiros;
(   ) Ambulantes;
(   ) Comércio Próprio;

(    )Comercializa os produtos :
(    ) convencionais?;
(   ) orgânicos?;
(   ) ambos?;
4)            Qual o maior desafio para comercializar os seus produtos?

MST

1)            O MST tem uma coordenação municipal em Dourados?
2)            Quais são as ações e lutas desenvolvidas pelo MST em Dourados?
3)            Qual  a proposta do MST para que a reforma agrária seja bem sucedida no Brasil?
4)            Explique porque nos acampamentos e mobilizações do MST, são admitidas pessoas que não tem nenhuma identificação ou experiência com agricultura? A presença delas não contribui para desacreditar o MST? Explique.
5)            O elevado percentual de acampados que são assentados e depois desistem de permanecer como lavrador  tem como causas quais  fatores? De que forma o MST espera resolvê-los ou minimizá-los ou superá-los?
6)            Qual a explicação para que  o MST cobre uma taxa mensal das famílias acampadas? Sabendo que muitas delas não tem renda, esta exigência não seria impeditiva a participação de muitas famílias, muitas das quais,  foram anteriormente lavradoras ou tem aptidão para trabalhar no campo? O MST com esta prática não está sendo injusto e inconsequente?
7)            Quantos famílias acampadas   ou que acamparam em Dourados, sob a coordenação do MST na luta pela terra em MS  foram assentadas? E em Dourados? Estes assentamentos estão prosperando?
8)            Nos assentamentos liderados pelo MST são desenvolvidas  ações e cursos  visando assegurar aos assentados  capacidade de  gerenciamento e que estejam abertos as novas técnicas e tecnologias modernas e ecologicamente corretas de produção ?
9)            O MST tem se empenhado para que os assentados sob a coordenação deste movimento pratiquem  agroecologia? O MST tem como preocupação luta pela preservação do banco genético (sementes e as diferentes espécies animais)? Explique.
10)         O MST tem experiências de famílias que foram assentadas em propriedades comunais? Entre a apropriação comunitária e a individual da terra, qual delas tem apresentado melhores resultados? Explique.
11)         Como tem sido a relação de vocês com os três poderes (legislativo, judiciário e executivo) nas três esferas (municipal, estadual e federal)? Explique
12)         Quais os partidos políticos que na avaliação do MST melhor contemplam os trabalhadores?
13)         Diferencie o MST dos demais movimentos (CPT, CUT, FETAGRI E MSTB) ?
14)         Como o MST tem procurado lidar com a tentativa dos governantes e da justiça em criminalizar este movimento?

UFGD
1)            Quais os cursos oferecidos nesta e por esta universidade são voltados para a pequena agricultura familiar, comunidades indígenas e quilombolas?
2)            Nestes cursos, as grades curriculares adotadas, procuram ministrar conteúdos voltados para a  pesquisa, técnicas e tecnologias que assegurem maiores  êxitos aos pequenos produtores, comunidades indígenas e quilombolas?
3)            Na dotação orçamentária desta Universidade qual o montante e o percentual destinados para apoiar ao pequeno produtor rural, as comunidades indígenas e  quilombolas?
4)            Existem parcerias estabelecidas com  o poder público, empresas públicas ou privadas por esta Universidade visando o desenvolvimento de projetos e ações contemplando aos pequenos produtores rurais, comunidades indígenas e quilombolas relacionadas com o gerenciamento, pesquisas, fixação do homem do campo à terra, etc.? Explique.
5)            São desenvolvidas por esta instituição, nos diferentes cursos por ela oferecidos,  ações relacionadas ao gerenciamento de empreendimentos rurais,a competitividade no mercado?  
6) Esta universidade presta assistência técnica aos produtores  hortifrutigranjeiros instalados na zona urbana?
6)            Existem ações e projetos que visam estimular a prática da agroecologia nesta Instituição? Quais? Enfrentam muitas dificuldades?

CPT
1)          A CPT tem uma coordenação municipal em Dourados?
2)                    Quais são  ações e lutas são desenvolvidas pela  CPT em Dourados?
3)                    Qual  a proposta da CPT para que a reforma agrária seja bem sucedida no Brasil?
4)                    Nos acampamentos e mobilizações sob coordenação da CPT, existem pessoas que não tem nenhuma identificação ou experiência com agricultura? Se existe, a presença deles não contribui para desacreditar o trabalho da CPT? Explique.
5)            O elevado percentual de acampados que são assentados e depois desistem de permanecer como lavrador   tem alguma relação com o fato da inclusão de pessoas, que nunca foram lavradoras,  nos acampamentos e  assentamentos? Explique
6)            A CPT cobra alguma  taxa mensal das famílias acampadas?
7)            Quantos famílias acampadas liderados pela CPT já foram assentadas no MS e em Dourados? Foram bem sucedidas?
8)            Nos assentamentos liderados pela CPT  o trabalho desenvolvido pela mesma é no sentido de que os assentados  gerenciem com eficiência os seus empreendimentos e incorporem técnicas e tecnológias modernas e eficazes?
9)            A CPT tem se empenhado para que os assentados sob a sua coordenação deste movimento pratiquem a agroecologia? Explique
10)         A CPT tem se preocupação com a luta pela preservação do banco genético (sementes e as diferentes espécies animais)? Explique.
11)         A CPT tem experiências de famílias que foram assentadas em propriedades comunais? Se afirmativa a resposta, estes assentados foram bem sucedidos? Explique.
12)         Como tem sido a relação de vocês com os três poderes (legislativo, judiciário e executivo) nas três esferas (municipal, estadual e federal)? Explique
13)         Quais os partidos políticos que na avaliação desta entidade melhor contemplam as aspirações do CPT?
14)         Diferencie a CPT dos demais movimentos (CPT, CUT, FETAGRI, MST E MSTB)?
15)         Como a CPT tem procurado lidar com a tentativa dos governantes e da justiça em criminalizar os movimentos sociais?
AGRAER
1)    Qual é o papel desempenhado pela AGRAER nas atividades agropecuárias
2 Quantas agricultores são assistidas pela Agraer em Dourados?
3 )As ações da Agraer adotadas em prol do pequeno produtor rural são diferentes das adotadas para as comunidades indígenas e quilombolas? Fale sobre elas.
4  4) Qual o montante de recursos previstos pela Agraer investir em ações de apoio e assistência aos pequenos produtores rurais, comunidades indígenas e quilombolas  no ano de 2018?
5   5) A Assistência da Agraer aos produtores é realizada  focando em aspectos técnicos, gerenciais, agricultura tradicional, moderna e agroecologia, etc?. Explique.
6 6) A agraer estabelece parcerias com prefeituras e empresas privadas para o desenvolvimento de suas ações? Explique.
7  7) Comente sobre outros aspectos das políticas praticadas pela Agraer em prol dos pequenos produtores rurais, comunidades indígenas e quilombolas.

EMBRAPA

1)    O qué é a EMBRAPA? Quais as ações que esta Empresa desenvolve em prol do desenvolvimento e modernização do setor agropecuário no Brasil e em Dourados?
2)    As pesquisas desta Empresa  tem buscado contemplar também aos anseios e necessidades dos pequenos produtores rurais, comunidades indígenas e quilombolas? Se a resposta for sim, relacione exemplos.
3)    Quais os maiores desafios para atender a estes três segmentos?
4)    Qual o montante e o percentual dos recursos disponibilizados para as pesquisas agropecuárias voltadas para o três segmentos citados?
5)    Como tem sido a receptividade dos pequenos produtores rurais, indígenas e quilombolas ao trabalho realizado por esta Empresa?
6)    Esta Empresa tem parcerias com prefeituras, universidades e outras instituições visando atender melhor aos pequenos produtores rurais, comunidades indígenas e quilombolas?  Cite exemplos de algumas parcerias, caso a resposta seja positiva.
7)    Comente sobre outros aspectos que achar pertinente sobre o trabalho desenmvolvido pela EMBRAPA em Dourados.

INCRA

1) O qué é o INCRA?  Qual o seu papel?
 2)    Como é que este órgão procede para saber quantas famílias existem no Brasil para serem assentadas?
                 3)   Que tipos de ações o INCRA desenvolvem visando contribuir para diminuir os conflitos pela posse da terra no Brasil e em Dourados?
4)    Porque o INCRA não consegue impedir os contratos de gaveta, isto é, à venda de terras de assentados que nem sequer receberam a escritura  e as vendem?
5)    No que o assentamento localizado na Fazenda Itamarty é diferente dos demais assentamentos? Este assentamento está apresentando os resultados esperados?
6)    Os dois assentamentos sediados em Itahum, distrito de Dourados, estão sendo bem sucedidos?
7)    Dos diversos movimentos sociais existentes no Brasil de luta pela terra (CUT, MST, FETAGRI, CPT,etc), com qual deles este órgão tem uma relação mais conflituosa ? Por quê?
8)Atualmente quantos trabalhadores rurais estão cadastrados em Dourados na fila de espera para serem assentados?


 PRONAF
 1)    O que é PRONAF? Quando foi criado?
2)    Quais os benefícios que o PRONAF trouxe para a pequena agricultura familiar?
3)    Em Dourados quantos agricultores foram beneficiados em 2017 com o PRONAF?
4)    O índice de inadimplência dos produtores beneficiados pelo PRONAF é muito elevado? Qual o percentual
5)    Quais as modalidades de financiamentos existentes no PRONAF? Comente sobre cada um deles.



Merenda Escolar
1)  A Escola tem conseguido cumprir a meta estabelecida em lei, qual seja, a de comprar no mínimo 30% dos produtos que utiliza no preparo da merenda escolar, junto aos pequenos produtores rurais, comunidades indígenas e quilombolas? Explique.
2)   Os produtos adquiridos junto aos pequenos produtores rurais, comunidades indígenas e quilombolas são de melhor qualidade?  E os custos são maiores, iguais ou menores aos praticados pelos grandes produtores e atacadistas? Explique.
3)   Explique  o procedimento burocrático que a Escola enfrenta para comprar  produtos alimentícios. 
4)    Qual o valor  disponibilizado por aluno para a merenda escolar?  O valor é suficiente? Que  sugestões esta direção apresenta para aperfeiçoar a compra dos produtos alimentícios? 
 5)   Os nutricionistas e o Conselho de Alimentação Escolar (CAE) têm feito discussões conjuntas com o colegiado escolar da Escola visando a formulação de políticas que se traduzam em mais eficiência para a merenda escolar? Comente sobre esta questão?
6) Comente sobre outros aspectos que considere relevantes?



IAGRO


1)    O que é o IAGRO?
2)    Que ações este órgão realiza em prol do setor agropecuário em MS e em   Dourados?
3)    Quais são os desafios enfrentados por este órgão?

4)    Qual o conceito desfrutado por este órgão perante a sociedade e, especialmente,            junto    aos produtores e criadores rurais? 

5) Qual o montante de recursos disponibilizados para  o IAGRO desenvolver o seu trabalho em Dourados e região?    

     

 6) Que outros papeis relevantes são desempenhados pelo IAGRO em prol do desenvolvimento do setor agropecuário em Mato Grosso do Sul?


COMERCIANTES
1) Os fornecedores de produtos alimentícios, especialmente, os "in natura" são de Dourados? 
2) Quais os produtos que eles oferecem?
3) Os produtos são de boa qualidade? Os preços são bons?
4) Como é o contrato feito entre este estabelecimento e os produtores para que forneçam estes produtos?
5) Qual a forma de pagamento? À vista? À prazo? Cheque ? Fiado?
6) A quantidade ofertada pelos produtos é suficiente para o atendimento da demanda deste estabelecimento?
7) Comente outros aspectos que considere relevantes.

CURSOS DE AGRONOMIA, VETERINÁRIA, ZOOLOGIA E OUTROS
1) Que tipos de ações este curso oferece aos produtores rurais? 
2) Se estende aos produtores rurais (grandes, médios e pequenos), indígenas, assentamentos e quilombolas?
3) Qual o montante de recursos disponibilizados para este curso assistir aos produtores rurais?
4) Estas ações tem estimulado os produtores a permanecerem no campo?
5) A assistência se dá apenas em prol das práticas convencionais de agricultura, ou também se estende as práticas alternativas?
6) Quais as grandes dificuldades enfrentadas para este trabalho?
Grupos

Turma do 1º Ano A:
Embrapa:  Jhonatan Gonçalves, Alan do Nascimento, Pablo Viana, Vinícius Alberto;

UNIVERSIDADES: Letícia Mongelo, Letícia Silva, David, Giovana e Gabriel Gomes;
AGRAER: Ana Caroline, Carlos, Gabriel de Souza, Jennifer V., Lais França e Vanessa; 
IAGRO: Ruan, Gabriel Schineider, Giovane Cardoso;
ESCOLA AGRÍCOLA: Ana Júlia, Jordamyo, Mariana, Guilherme, Jonatas e Erik;

Turma do 1º B:
INCRA: Millena Almeida, Tainara Rebeca, Luciana, Radarami, Nathálias Damasceno;
Quilombolas: Nathalia Barbosa, Eduarda, Thiago, Michely, Izabely Kaylane;

FETAGRI:  Ryan, Jhonatan, Carolina, Yuri, Babrilli Barros e Thierry;

MST: Wallace, Nicolas, Matheus, Gustavo, Gabriel;

CPT: Vinícios Martine, Vinícios Kawianoto, Cristina, Kamilly Vitória, Marcos e José Gustavo;

TURMA DO 1º Ano C:
Abastecimento Popular: Pedro H., Matheus V, Keila, Matheus F., Diego, Pevellyn;

Feiras:  Felipe, Izabelly, Rayani, Victor H., Kelwin, Samara;

Merenda Escolar: Wesley, Heloyza, Sady, Lucas, Roger e Victor Bruno;

Verdurões: Paulo, Daiane, Maria Fernanda,Luan, Ana;

Supermercados: Mel, Lara, Thamires, Karen

Turma do 1º D:

Banco do Brasil: Andrey e Anderson;

PRONAF: Ruann, Rodrigo, Ana Luiza, Ingrid, João Vítor;

Agronegócio: Thais, Maryane, Samira;

Sindicato Rural: Jaqueline, Ana Vitória, Renata, Maycom, Paula, Vitor, Marlon, Wesley;


Nenhum comentário:

Postar um comentário

POLÍTICAS SÓCIO-AMBIENTAIS: AÇÃO DO PODER PÚBLICO MUNICIPAL NA CIDADE DOURADOS-MS

1)   O estudo  feito por Enio Alencar propõe que a sociedade aproprie-se de qual conceito sobre a questão ambiental? 2) Que propostas o...